Experiência e inspiração em forma de poesia

  18 de November de 2016 • 10h54 • Atualizado em 21/11/2016 • 11h18

DESTAQUE_DIVINA_ARTE_2016_11_18_001Pe. Antônio Ricieri Bariani é da Província Redentorista de Goiás. Ele já tem quase 100 anos e já trabalhou muito pela evangelização em missões, levando com entusiasmo a Palavra de Deus. Mas, o quadro Divina Arte, exibido no Programa Pai Eterno desta sexta-feira, 18, mostrou que o Missionário Redentorista tem mais um dom. É poeta, autor de belas poesias. (Assista ao vídeo abaixo)

“Eu nasci em um lugar muito pequeno, no Triângulo Mineiro, chamado Guaxima, Distrito de Conquista, na noite de 24 de dezembro de 1916. Eu sempre escrevi, mas sempre sozinho, como que escrevendo para mim mesmo, muitos trabalhos se perderam com as mudanças, mas incentivado pelo meu sobrinho Bariani Ortêncio, é que eu publiquei o primeiro livro. Como publiquei o primeiro livro, eu achei por bem publicar mais, pois já tinha mais coisas escritas, e então surgiu esse novo livro. Essas cartinhas ao Menino Jesus foram escritas em 1942, quando eu era noviço”, relatou o padre.

Veja também:

DESTAQUE_DIVINA_ARTE_2016_11_18_003O Missionário Redentorista contou o que mais gosta de escrever. “Prefiro poesia, mas também gosto de prosa. A maioria tem cunho religioso e eu escrevo rascunhos, depois passo para máquina. Gosto mais da máquina do que do computador, acho mais fácil”, afirmou.

Pe. Bariani aproveita para escrever seus textos sempre que a inspiração vem. “É bom porque enche o tempo e é evangelização. Eu sou missionário e minha missão é evangelizar. Todos os escritos, as poesias, são religiosas”, contou.

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

Fonte: Afipe

Veja Também