Fim de semana de muitas bênçãos na Capital da Fé de Goiás

  16 de May de 2017 • 12h01 • Atualizado em 19/05/2017 • 11h10

A equipe do Programa Pai Eterno sempre acompanha caravanas de romeiros que visitam Trindade (GO). Pessoas com realidades e histórias diversas, várias culturas de lugares diferentes, mas que têm algo em comum: a fé no Divino Pai Eterno. E o quadro Filhos Peregrinos desta terça-feira, 16, mostra o louvor e a alegria de quem, no último fim de semana, teve a oportunidade de estar na Capital da Fé de Goiás.

No altar, a imagem do Divino Pai Eterno deu lugar à imagem de Nossa Senhora de Fátima, que no último fim de semana, véspera do Dia das Mães, comemorou o centenário de sua aparição. Por aqui, muitas mulheres vieram com seus filhos buscar pelas bênçãos de Nossa Senhora de Fátima e do Divino Pai Eterno.

A devota Mariana Cedro Andrade veio de Divinópolis, em Minas Gerais. Aqui, ela esteve para agradecer por uma graça alcançada depois de tantos pedidos que tinham sido feitos. “Eu tenho um filho de 8 anos e, aos 4 anos, descobrimos uma doença em que ele não poderia andar, nem jogar bola, nem fazer nada. Ano passado, minha avó veio a Trindade, debilitada, trouxe uma carta do meu filho e entregou nas mãos do Pe. Robson de Oliveira. Em fevereiro, eu retornei ao médico, foram feitos novos exames e não tinha mais nada. O osso foi completamente refeito pelo próprio organismo, por Deus. E hoje ele joga bola, corre, brinca e pula como uma criança normal”, disse.

Quem também esteve com a mamãe no Santuário foi a devota Luciane Marques, de Cuiabá (MT). Pela primeira vez, ela esteve aqui. Não tinha lugar melhor para agradecer pelo milagre que a família recebeu: “Nós viemos agradecer pela cura do câncer da minha mãe. Ela foi diagnosticada com câncer de pulmão e nós fizemos a Novena, sempre pedindo pela cura dela. E, graças a Deus, ela fez o tratamento e está curada”.

O Santuário ficou cheio. Gente do Brasil inteiro que se juntou para louvar o Divino Pai Eterno, celebrar o centenário de Nossa Senhora de Fátima e ainda comemorar o Dia das Mães. Um final de semana marcante, cheio de emoção e muita fé.

“Eu gosto muito de vir aqui. Essa já é a terceira vez. É muito bom estar aqui, a gente sente uma paz. Eu venho também pela minha família, para orar por todos, aqui, pelos enfermos, pelas minhas filhas que moram fora. E é muito bom estar aqui na Basílica do Divino Pai Eterno”, afirmou a devota Ionice Maria Vieira, que veio de Oliveira, Minas Gerais.

Veja também:

O Programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 7h45, com reapresentação às 10h45. Você pode acompanhar todas as edições pelo Canal Pai Eterno, no YouTube, e também assistir pelo portal paieterno.com.br, na página do Programa Pai Eterno.

 

 

 

 

Fonte: Afipe

Veja Também